No Bom Retiro, tecidos podem ser descartados corretamente

Já pensou em reciclar os uniformes, roupas e tecidos? Eles podem e devem ser reciclados, mas essa ainda é uma das maiores dificuldades encontradas pelas empresas do setor têxtil. Quanto menor for a quantidade de lixo nos aterros, melhor para o meio ambiente. E por que não reaproveitar o que ainda está bom para uso?

Já pensou em reciclar os uniformes, roupas e tecidos? Eles podem e devem ser reciclados, mas essa ainda é uma das maiores dificuldades encontradas pelas empresas do setor têxtil. Quanto menor for a quantidade de lixo nos aterros, melhor para o meio ambiente. E por que não reaproveitar o que ainda está bom para uso? Estamos aqui para trazer soluções conscientes… vamos a elas.

Ecotece

A Ecotece é uma organização não governamental que se preocupa com o assunto. A ONG promove o “vestir consciente” e desenvolve produtos sustentáveis e práticas educativas visando promover a conscientização. Se você possui uma confecção e quer descartar os retalhos ou doar roupas antigas e sem uso, procure pela Ecotece. Eles vão analisar o material e selecionar o que poderá ser aproveitado pelo projeto Retece, que faz camisetas, ecobags e diversos outros produtos com retalhos.

Para mais informações, basta enviar um e-mail para projetoretece@gmail.com

Retalho Fashion

Uma das maiores dificuldades das empresas do setor é justamente descartar corretamente os resíduos têxteis. Pensando nisso, o Sinditêxtil criou o projeto Retalho Fashion para organizar a coleta dos retalhos nos bairros do Bom Retiro e do Brás em São Paulo. Só na região do Bom Retiro, são 1.200 confecções que produzem 12 toneladas de resíduos por dia.

A ideia do projeto é conscientizar as empresas sobre a importância do descarte organizado dos retalhos, separando-os por composição (algodão, poliéster, polipropileno, etc), cor e tamanho. A Política Nacional de Resíduos Sólidos, que estabelece o fim dos lixões até 2014, também incentivou a medida, que também prevê a devolução de produtos pós-consumo ao fabricante.

Os retalhos podem ser transformados em fibras porém, o projeto não se envolve na comercialização desses produtos. Para mais informações, envie e-mail pararetalhofashion@sinditextilsp.org.br

Descarte de retalhos em São Paulo

A Abit (Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção) indicou uma pequena empresa em São Paulo, a Virgeflex, que aceita doações de retalhos, que são destinados da maneira correta. É importante que eles estejam sem nenhum tipo de aviamento, pois passam por uma máquina.

Para saber mais, ligue (11) 2115-3437 e fale com Gerson Falopa. Quem preferir, pode entrar em contato pelo e-mailfalopa@gmail.com

Fonte: Portal do Bom Retiro




Deixe seu comentário