Bom Retiro ganha complexo para dependentes

Quase três meses após o início da ação policial na Cracolândia, na região central de São Paulo, o prefeito Gilberto Kassab inaugurou na manhã desta terça-feira (27) o Complexo Prates, na Rua Prates, no bairro do Bom Retiro. A estrutura integra um espaço de convivência, abrigo para menores e adultos, além atendimento médico. O governador Geraldo Alckmin e o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, também participaram da cerimônia.

A Operação Centro Legal, iniciada pelas administrações municipal e estadual em 3 de janeiro, tinha o objetivo de reprimir o tráfico e, assim, estimular os dependentes químicos com dificuldade para comprar drogas a procurarem tratamento. Porém, a intensificação da repressão policial nos bairros de Santa Cecília, Campos Elísios e Nova Luz, na opinião de usuários de drogas e familiares ouvidos na época da operação, não foi acompanhada pelo aumento na oferta de infraestrutura para internação e desintoxicação, o que as administrações municipal e estadual contestam.

“As ações de segurança foram complementadas com ações no campo social e de saúde da Prefeitura em outros equipamentos”, afirmou Kassab, logo após a inauguração. “É uma análise equivocada de algumas pessoas onde falta boa vontade para avaliar. As ações poderiam acontecer, porque tem outros equipamentos aqui no Centro. Temos a AMA Boraceia, temos diversos equipamentos de albergues e temos vários equipamentos sociais. Esse é um a mais que vem se somar aos já existentes”.

A Prefeitura afirma que possui atualmente 416 leitos exclusivamente para dependentes químicos, sendo 80 em clínicas próprias e 336 em comunidades terapêuticas. A Secretaria da Saúde afirma ainda que 1421 leitos de internação psiquiátrica também podem ser utilizados por usuários de drogas em tratamento.

Fonte: G1




Deixe seu comentário